Red, rosé or… other?

Em 2019 fizemos uma vinificação clássica para vinhos rosés. Mas… pela aparência, cheiro e sabor, não temos certeza do que colocar no rótulo. Achas que um vinho rosé é uma questão de técnica ou de estilo?

In 2019 we made the classic vinification for rosé wines. But… due to the appearance, smell and taste, we are not sure what to put on the label. Do you think that a rosé wine is a matter of technique or style?

Para este vinho utilizámos o Castelão da Vinha do Professor em Torres Vedras, que foi apanhada à mão com 12,5% de álcool provável. Pela proximidade do mar, esta não é uma vindima precoce. Raramente estas uvas amadurecem mais nesta vinha.
O Castelão tem uma cor média, acidez média/alta e pouca expressão aromática nesta zona – mais para o vegetal.

For this wine we used Castelão from our professor’s plot in Torres Vedras, which was hand-picked with 12.5% ​​probable alcohol. Due to its proximity to the sea, this was not an early harvest. Rarely do these grapes ripen more in this vineyard.
Castelão has a medium color, medium/high acidity and little aromatic expression in this area – more herbaceous.

Depois de uma pisa ligeira aos cachos inteiros passámos tudo para a prensa e fizemos uma vinificação clássica de bica aberta.
Após o inicio da fermentação em cuba de inox, o mosto foi para uma barrica de 225L onde terminou de fermentar e ficou a estagiar por 8 meses.
O mosto fermentou com leveduras indígenas, completou a malolática e o vinho não foi filtrado nem clarificado.

After a light step on the whole bunches we passed everything to the press and made a classic free-run vinification.
The fermentation started in stainless steel vats and then the must went to a 225L barrel where it finished fermenting and aged for 8 months.
The must was fermented with indigenous yeasts, completed the malolactic and the wine was neither filtered nor fined.

Making it interactive.

Este é o nosso primeiro vinho interativo.
Resolvemos lançar o pânico e pedir a vossa ajuda para debater este tema:
Quando usas a técnica de produção de rosés, sem truques, e o resultado final não se aproxima de um rosé comercial (aromático e clarinho), como é que o defines?
Será que é a técnica de produção que define um vinho ou é a estética e o estilo do resultado final?

This is our first interactive wine.
The idea is to provoke and ask for your help to discuss this topic:
When you use the rosé production technique, with no gimmicks, and the end result does not come close to a commercial rosé (aromatic with light colour), how do you define it?
Is it the production technique that defines a wine or is it the aesthetics and style of the final result?

2019

100 % Castelão
Lisboa – Torres Vedras

Single barrel, limited edition.

%d bloggers like this: